Montanha do Pico

Renato Goulart

Biografia

Renato Goulart é um verdadeiro homem da terra. Nascido nas Lages da Ilha do Pico e com a capacidade de sentir a terra como ninguém desde cedo sentiu um fascínio pela Serra do Pico e, aos poucos, essa mesma paixão foi ganhando forma, fazendo dele o “Rei da Montanha”. Como ele diz, a Montanha é a sua casa. Mas nem sempre foi assim: depois de subir pela primeira vez aos 7 anos, as memórias que guarda são de um nível de dificuldade imenso e muito muito frio. Depois disto, voltou a subir aos 14 anos com amigos e desde aí nunca mais parou. 

Fundador e CEO da eXPerience2351 iniciou escaladas guiadas em 1994 fazendo do seu propósito de vida mostrar a todos, com segurança, a beleza inestimável desta terra e montanha. Com 24 anos de experiência de escalada na montanha mais alta de Portugal (2.351 metros de altitude), o Renato realizou mais de 2.500 subidas totalmente seguras, perfazendo mais que  20 mil quilómetros a subir e descer a Serra do Pico.

Amante por natureza da Serra do Pico, pelo que sobe várias vezes só por diversão e porque se sente bem e feliz quando chega ao cume, Renato adora o seu trabalho e ama a natureza.

O que esta serra te faz sentir?

Faz-me sentir “picaroto”, feliz e grato por trabalhar na montanha mais alta de Portugal. Independentemente de liderar ou não grupos o sentimento que tenho é de extrema gratidão, porque a montanha moldou o meu corpo e eu moldei-me à montanha e há uma cumplicidade enorme entre nós. Só por isso, acho que esta montanha me faz ser melhor pessoa. Por mais palavras que possa usar, não consigo encontrar justificação ou explicação para este sentimento de gratidão que sinto para com o Pico.

Atividades na Serra, Dicas de Trekking

Na montanha do Pico apenas estão autorizadas atividades de montanhismo. As atividades de escalda não são autorizadas porque a rocha não é boa para isso. Apenas percursos pedestres estão autorizados.

Existem vários programas de subida ao cume da montanha onde até é possível fazer pernoita e assistir, com vista privilegiada, ao nascer do sol se o tempo permitir, já que aqui as condições meteorológicas mudam muito rapidamente.

Restaurantes, alojamentos e artesãos

Na vila da Madalena temos o Restaurante Ancora D’Ouro, o restaurante Petisco e o Café Cinque, muito popular. São os meus locais preferidos. Temos ainda o Magma Restaurante, que se alia, ao turismo rural, e o Cella Bar, que é um ponto de referência na ilha.